Meus Arquivos Secretos Podem Te Surpreender. 

 

Caro Leitor(a),
 

Meu nome é Marcelo Maia e daqui a pouco eu falo mais sobre mim. 

Mas agora eu quero que você veja essa imagem na tela. 

 

Esse é o software onde eu salvo e organizo todos os exemplos de copys de alta conversão e anúncios campeões de vendas que eu encontro em minha jornada como empreendedor.  

 

Já são mais de 9 anos juntando campanhas best sellers.

 

Meus arquivos secretos tem exemplos de vídeos de vendas, funis de email marketing, webinários, lançamentos de produtos, anúncios e campanhas publicitárias de alto desempenho… 

 

Por exemplo: se eu quero fazer um vídeo de vendas novo para mim ou para um cliente eu só preciso abrir o software, escolher um dos exemplos já salvos e preencher os espaços em branco para criar meu roteiro altamente persuasivo em minutos. 

 

Eu não tenho que perder meu tempo tentando reinventar a roda ou gastando fortunas para contratar agências de marketing e profissionais caríssimos para criar uma nova campanha de divulgação dos meus produtos. 

 

Tudo o que eu precisei foi apenas contratar um programador uma única vez e criar um software planejado sob encomenda que me permitisse organizar todos os roteiros de uma forma clara e prática.

 

Tudo para que eu pudesse usar essas campanhas rapidamente na divulgação dos meus produtos e em produtos de clientes sem estresse.

 

É exatamente por isso que esse é o único software do mundo que pode aumentar suas vendas rapidamente mesmo que você não tenha experiência porque ele praticamente escreve a melhor apresentação que você pode fazer para divulgar o seu produto.

 

Ele transforma seu produto ou serviço em algo irresistível para o cliente usando fórmulas já comprovadas. 

 

Você precisa Vender Para a Mente e Não Para o Cliente

 

Pesquisas recentes confirmam que a tomada de decisão é um processo completamente emocional, que somente depois é racionalizado.

 

Alguns anos atrás o neurocientista António Damásio, escritor de vários livros sobre o cérebro e sobre as emoções humanas, fez uma descoberta incrível que lhe projetou reconhecimento internacional. 

 

Ele tem um livro muito bom chamado O Erro de Descartes no qual ele explica porque toda e qualquer expressão racional está na verdade fundamentalmente baseada nas emoções.

 

Sua conclusão veio principalmente de estudos que ele fez com pessoas com o cérebro danificado em partes onde as emoções são geradas. Ele percebeu que elas pareciam normal com a exceção de que não sentiam emoções claro.

 

Agora o mais peculiar disso tudo é que essas pessoas não conseguiam tomar decisões. 

 

Elas ate conseguiam descrever racionalmente o que elas deveriam estar fazendo em termos lógicos, mas elas tinham muita dificuldade em processar decisões simples como o que comer. 

 

Tem frango e bife o que você quer comer?  Com a capacidade emocional afetada as pessoas não conseguiam fazer essa simples decisão. 

 

Esse fato comprova que as emoções humanas são fundamentais no processo de tomada de decisão. 

 

E o surpreendente é que mesmo quando pensamos que estamos tomando decisões puramente racionais, na verdade se você analisar a fundo vai ver que sua decisão foi processada levando em conta principalmente fatores emocionais.

 

Isso acontece porque durante toda a evolução o cérebro precisou tomar decisões rápidas para garantir a sobrevivência da espécie. 

 

Por exemplo, imagine que você está andando pela floresta e se depara com um urso na sua frente. 

 

Será que você vai parar e pensar, nossa tem um urso ali, será que eu corro para a esquerda ou para a direita? Será que eu finjo de morto? Será que eu grito? 

 

Claro que não. Você não tem muito tempo para fazer escolhas e ficar pensando racionalmente, o que acontece mesmo é que o seu cérebro instintivo apenas dispara uma resposta automática de corra ou lute para tentar garantir sua vida. 

 

Basicamente você toma uma decisão por fatores emocionais e você age de acordo com essa decisão emocional. Mas então você tem que justificar sua ação então o seu cérebro lógico inventa uma desculpa qualquer posterior a decisão ter sido feita. 

 

Vê como esse entendimento é poderoso?

As pessoas agem por emoção mas justificam suas decisões como se fosse algo lógico

 

Agora claro que todos os maiores especialistas em persuasão e marketing já sabem disso. 

 

Todos os anos são gastos bilhões de dólares em pesquisas sobre o comportamento humano e como isso pode ser aplicado no marketing de marcas e produtos. 

 

Há aproximadamente 150 anos atrás nos Estados Unidos, o pioneiro Claude Hopkins dedicava grande parte de sua vida à pesquisas sobre o comportamento dos consumidores e desenvolvimento de estratégias a partir disso.

 

Ele escreveu um livro chamado Scientific Advertising ou A ciência da Propaganda, que explica alguns princípios fundamentais para criar anúncios de forma a atingir emocionalmente as pessoas.

 

Ele foi um dos precursores do marketing de resposta direta ou copywriting. Que é a arte de se escrever persuasivamente para induzir uma ação específica. 

 

Desde então, grandes nomes do marketing como David Ogilvy foram aperfeiçoando essas estratégias e testando diversas variações de textos e anúncios em vários mercados. 

 

Veja esses exemplos de campanhas de sucesso antigamente. Esses anúncios escondem o segredo do porque você não tem mais vendas em seu negócio.

Você Está Falhando Em Adicionar O Ingrediente Principal 

 

Está lhe faltando uma estratégia de comunicação mais persuasiva focada em atingir as emoções do seu cliente.

 

Hoje em dia existe muita concorrência e se você não souber como destacar sua mensagem no meio da multidão dificilmente você irá conseguir crescer suas vendas. 

 

E isso não é o que eu desejo para você. Não quero que você seja somente mais um empreendedor frustrado cometendo os mesmos erros de todo mundo. 

 

Sua loja, seu negócio, suas vendas dependem disso. Sem esse ingrediente emocional seu negócio é irrelevante para as pessoas. Por isso você está frustrado. 

 

Enquanto seu concorrente mais inteligente conta histórias incríveis e fascina os seus clientes com experiências memoráveis, você continua falando com seu cliente de forma ARGUMENTATIVA ao invés de ser EMOCIONAL.

 

E eu sei que essa culpa não é sua. A culpa é do nosso sistema de ensino.

 

As escolas não foram feitas para empreendedores, portanto seu professor(a) de português queria que você aprendesse a falar de uma forma racional e não que você se tornasse um contador de histórias. 

 

Por isso, você aprendeu a escrever e falar de uma forma argumentativa e esqueceu como contar histórias de forma emocional. 

 

Ou Você Muda Isso Agora Ou Continuará Frustrado Com Seus Resultados Atuais 

×

Olá!

Clique aqui para entrar em contato com um de nossos representantes.

× Como posso te ajudar?